Show de Skank é cancelado em Porto Seguro; festa não tinha alvará do Corpo de Bombeiros

Reggae Night foi cancelado


14 de fevereiro de 2020 18:28

O Skank usou as redes sociais, na manhã desta sexta-feira (14), para lamentar o cancelamento de um show que ocorreria na cidade de Porto Seguro, no Sul da Bahia, na quinta-feira (13), dentro da programação do “Reggae Night Porto Seguro”.


“Assim como o público de Porto Seguro, fomos surpreendidos com o cancelamento, ontem, de nossa apresentação na cidade. A notícia de que a Prefeitura não havia permitido o funcionamento da Reggae Night chegou a poucas horas do evento. Até o momento não temos uma posição oficial dos produtores locais,” publicou o grupo mineiro.

A prefeitura, por sua vez, informou que não autorizou a realização da festa por motivo de segurança. “O realizador se perdeu um pouco, acreditou que poderia fazer de qualquer forma, e não tinha um laudo do Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar sequer tinha ciência do evento”, disse a assessoria de comunicação. “Eles não tinham nenhuma autorização. Era um show que seria realizado à noite e eles solicitaram isso no dia de ontem pela manhã. Ainda assim a prefeitura se reuniu, chamou os órgãos competentes para poder acompanhar e foram lá Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Polícia Militar, Guarda Municipal, Secretaria do Meio Ambiente, Secretaria de Trânsito e Serviços Públicos. Todos os órgãos foram lá e nas condições que estão é inviável autorizar a realização do show”, explicou.

Ainda na quinta-feira (13), a produção do evento emitiu uma nota para comentar o caso e anunciar a devolução do valor dos ingressos. “Por motivos de força maior, oriundos de questões envolvendo o imóvel da Avenida 22 de Abril, 400, onde seria realizado o show da banda Skank, somente hoje [13 de fevereiro] informados pela autoridades competentes, a produção da Reggae Night, por meio deste, informa que o show com a banda Skank está adiado para uma data a ser informada oportunamente”, diz o comunicado.


A produção do evento informou ainda que o público poderá ser restituído do valor do ingresso pelo SAC do aplicativo da Smart Pass ou no ponto de venda, em caso de compra em dinheiro. A organização informou ainda um número de contato para esclarecimentos: (73) 8183-2980.