Secretaria de Meio Ambiente de Porto Seguro afirma que não houve derramamento de esgoto no rio Mucugê

Um vídeo amplamente divulgado em redes sociais na terça-feira (2) mostra um suposto derramamento de esgoto no rio Mucugê, que deságua nas águas da praia de mesmo nome, em Arraial d’Ajuda, Porto Seguro. Nas imagens, é possível ouvir o desespero da cinegrafista amadora relatando que estava tudo limpo até poucos instantes, e mostrando a origem […]


3 de janeiro de 2018 10:54

Um vídeo amplamente divulgado em redes sociais na terça-feira (2) mostra um suposto derramamento de esgoto no rio Mucugê, que deságua nas águas da praia de mesmo nome, em Arraial d’Ajuda, Porto Seguro.

Nas imagens, é possível ouvir o desespero da cinegrafista amadora relatando que estava tudo limpo até poucos instantes, e mostrando a origem do material estranho como sendo das fortes correntezas do rio Mucugê. Alguns banhistas se apressam a sair do mar acreditando ter sido algum problema na rede de esgotamento da Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa) que tenha desencadeado num suposto desastre ambiental.

No entanto, como explica a Secretaria de Meio Ambiente de Porto Seguro, não foi este o caso. Embora, segundo o titular da pasta, César Aguiar, “já ocorreu em outras situações, mas, especificamente no dia de hoje [terça-feira], não teve extravasão de esgoto, ou, problema nas elevatórias de esgoto da Embasa”.

O secretário de Meio Ambiente explica, ao jornalismo d’OSollo, detalhadamente o processo que ocorreu com o rio Mucugê: “não se trata de esgoto. O rio Mucugê é um pequeno curso de água, e em determinadas épocas do ano acaba formando pequenos lagos. Durante uma parte do ano ele fica assim, e em determinado momento, há mudança no lençol freático por conta de chuvas e outras variações ambientais, então, a água sobe, ele rompe as barras laterais, as chamadas barras do rio, aumenta a correnteza, quando ele aumenta, ele sai carregando dejetos de folhagens, ele leva parte do manguezal que contorna, sedimentos decompostos de material orgânico decomposto que estão no leito do rio, às vezes até aves mortas, agora, esgoto mesmo, não  foi. A Secretaria de Meio Ambiente comprovou que estava perfeita aos banhistas as águas da praia”.

A Secretaria divulgou, ainda, nota, que diz: “Em virtude de um vídeo veiculado na redes sociais hoje [terça, 2], apontando derramamento de  esgoto, a Prefeitura de Porto Seguro, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, acionou fiscais e técnicos ao local e constatou-se normalidade das águas e balneabilidade apropriada, não havendo qualquer vazamento de esgoto para a praia do Mucugê!”.

Confira o vídeo do momento em que a correnteza do Mucugê traz dejetos naturais de seu leito e banhistas confundem com esgoto, em Arraial d’Ajuda, Porto Seguro