Manchetes

Policlínica regional não poderá atender pacientes de municípios não conveniados

Câmara de Itabela vota novamente na próxima terça-feira (04) se município poderá participar.


Foto: GovBA – Policlínica da Costa do Descobrimento será implantada em Eunápolis.

No início da tarde desta sexta-feira (31) o coordenador dos Consórcios de Saúde do Estado da Bahia, Nelson Portela, informou durante entrevista à rádio Pataxós que os municípios que não estiverem conveniados com a policlínica que será implantada para atender o consórcio regional não poderão ter seus pacientes atendidos.

“A policlínica não atende emergência. Quem faz a regulação e a marcação é o município conveniado onde o paciente reside. O município que não participar não terá pacientes atendidos pela policlínica”, disse Nelson Portela.

Os municípios de Belmonte, Eunápolis, Guaratinga, Itagimirim, Itapebi, Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália que integram o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável da Costa do Descobrimento (CONDESC) sinalizaram interesse pela implantação da policlínica.

Apenas Itabela, que também participa do CONDESC, pode não ser beneficiada porque a câmara de vereadores não aprovou a proposta em novembro do ano passado, com isso o município pode ficar de fora. Na próxima terça-feira (04) uma nova votação será feita pela câmara de Itabela.

Sobre a possiblidade do município de Itabela ficar de fora, o coordenador dos consórcios disse que espera que os vereadores aprovem o projeto que vai trazer benefícios para a população. “Poucas cidades ficam de fora de um consórcio como esse. Geralmente, é por questões políticas de partidos contrários ao Governo do Estado”, afirmou.

Nelson Portela contou sobre o processo de implantação da policlínica. “Fizemos uma sondagem e escolhamos um terreno para a construção em Eunápolis, por ser uma cidade logisticamente centralizada para atender os oitos municípios. Haverá transporte de segunda a sexta-feira para buscar e levar todos os pacientes das outras cidades conveniadas.”  

A unidade de saúde terá atendimento em 15 especialidades. Os pacientes terão direito a todos os tipos de exames de imagem que são exigidos constantemente por médicos como ressonância, raio-X, endoscopia, colonoscopia entre outros.

Por fim, Nelson esclareceu como a policlínica será mantida. “O Governo da Bahia investirá em torno de R$ 25 milhões para a construção, compra de equipamentos e aquisição dos micro-ônibus. O custo da manutenção será divida em 60% dos municípios conveniados e 40% do Estado. Os 60% dos municípios serão repartidos pelos números de habitantes de cada um, quem tem mais contribui com mais”.

Ainda não se tem previsão para o início das obras de construção da Policlínica da Costa do Descobrimento. O governador Rui Costa deve assinar nos próximos dias a ordem de serviço. Na sequência será feita a licitação para escolha da empresa que construirá a unidade de saúde regional.

. . .

Leia também:

Censo 2022 começa em territórios indígenas

O Censo 2022 começa hoje (10) nos territórios indígenas e vai até 31 de outubro. Serão recenseados os indígenas...

Idosa de 75 anos morre após cair em fossa séptica em Itapebi

Uma idosa de 75 anos morreu após cair em fossa séptica instalada no quintal da casa onde ela morava no município de Itapebi, no extremo...

CNH pode custar até R$ 3 mil: veja como tirar a habilitação de graça

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH), também conhecida como carteira de motorista, costuma ficar ainda mais cara com o passar do...

IBGE começa nesta segunda o Censo 2022

Com o objetivo de levantar dados amplos e confiáveis sobre diversos aspectos da vida dos brasileiros, o Instituto Brasileiro de Geografia...