Manchetes

MPF pede demolição de barraca de praia em área de preservação de Porto Seguro

Ação quer que empresário, União e Prefeitura paguem indenização


Foto: Divulgação

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou uma ação civil para que a Cabana Kebra Mar, da praia de Mucugê, em Arraial D’Ajuda, em Porto Seguro, seja removida pelo empresário Eglius Felipe Bastos. A ação também quer responsabilizar a União e o Município de Porto Seguro por omissão em proteger o meio ambiente em áreas não edificáveis, como faixa da praia.

A ação diz que a área ocupada pela barraca é considerada terreno de marinha, logo, bem da União, além de ser tombada como patrimônio cultural por integrar o município de Porto Seguro. O empreendimento não tem autorização nem da  Superintendência de Patrimônio da União (SPU) e nem do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), diz a ação, assinada em 17 de junho pelo procurador da Repúlica Edson Abdon Peixoto Filho.

A construção na verdade não poderia ter sido autorizada, diz o MPF, pois a União não pode permitir a ocupação particular de áreas de preservação permanente, de uso comum do povo, de segurança nacional e de preservação ambiental.

Para o procurador, União e Município se omitiram do dever de fiscalizar, permitindo a construção da barraca no local. MPF pede a demolição imediata da estrutura, retirada de equipamentos existentes, como cadeiras e mesas, e recuperação da área degradada.

Além disso, a ação quer que o empresário responsável pague à União pelo abuso e uso indevido da área, além de danos extrapatrimoniciais coletivos, em valor não inferior a R$ 50 mil. A União e o Município devem pagar indenização pelo dano ambiental gerado pela sua omissão em fiscalizar a região, pede a ação. A Prefeitura e a União devem ainda fiscalizar o processo de demolição e retirada dos entulhos, pede a ação.

Fonte: Correio24horas

. . .

Leia também:

Censo 2022 começa em territórios indígenas

O Censo 2022 começa hoje (10) nos territórios indígenas e vai até 31 de outubro. Serão recenseados os indígenas...

Idosa de 75 anos morre após cair em fossa séptica em Itapebi

Uma idosa de 75 anos morreu após cair em fossa séptica instalada no quintal da casa onde ela morava no município de Itapebi, no extremo...

CNH pode custar até R$ 3 mil: veja como tirar a habilitação de graça

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH), também conhecida como carteira de motorista, costuma ficar ainda mais cara com o passar do...

IBGE começa nesta segunda o Censo 2022

Com o objetivo de levantar dados amplos e confiáveis sobre diversos aspectos da vida dos brasileiros, o Instituto Brasileiro de Geografia...