Garis protestam contra Robério por demitir mais de 100 em Eunápolis

O auditório da Câmara Municipal de Vereadores foi tomado por garis decepcionados com o Prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira, que sob a alegação da realização de um processo seletivo para admitir temporariamente servidores para o município, mandou demitir mais de 100 trabalhadores da limpeza pública, chefes de família que estão há anos prestando serviços na […]


24 de março de 2017 08:25

O auditório da Câmara Municipal de Vereadores foi tomado por garis decepcionados com o Prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira, que sob a alegação da realização de um processo seletivo para admitir temporariamente servidores para o município, mandou demitir mais de 100 trabalhadores da limpeza pública, chefes de família que estão há anos prestando serviços na limpeza e coleta de lixo da cidade e que foram atingidos, segundo eles, pelo desemprego e falta de consideração e respeito do gestor que exerce seu terceiro mandato. Durante a sessão da Câmara Municipal de Vereadores desta quinta-feira (23), os garis cobraram solução aos parlamentares municipais e alegam estar passando dificuldades.

Ao tentar defender o governo Robério, o Líder na Câmara, Vereador Jorge Maécio tomou um coro de vaias de mais de 200 pessoas no auditório.

O fato é que a maioria dos vereadores são subordinados do prefeito e também tem interesses de “ajeitar” cabos eleitorais no grande cabide empregatício da prefeitura de Eunápolis. A maioria dos edis não tem peito, não tem coragem e tem rabo preso com o gestor Robério que segundo fontes, esta nem aí para os vereadores, excluindo-os de reuniões importantes e deixando de atender as suas ligações.

Esta é a gestão que transforma trabalho em felicidade? Só se for dos parentes do prefeito e dos vereadores, felizes com os salários, gratificações e outros agradinhos feitos com o dinheiro do povo.