Funcionários de terceirizada da embasa entram em greve

Atraso nos salários atinge trabalhadores em Eunápolis, Guaratinga, Itabela e outras cidades no Sul da Bahia.


14 de novembro de 2019 10:39

Funcionários terceirizados que atuam em Eunápolis, Guaratinga e Itabela para a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (EMBASA) estão com atraso no pagamento de salários e repasses de benefícios como vale refeição e transporte referênte ao mês de outubro.

Em assembleia realizada na última sexta-feira (8) em Eunápolis pelo SITTICOM, sindicato que representa a categoria nos três municípios, ficou decidido que a greve é por tempo indeterminado.

Segundo o sindicato, a empresa Emissão S.A propôs que os pagamentos dos salários fossem pagos no dia 18 de novembro, porém os trabalhadores não aceitaram a proposta.

BAHIA DIA A DIA apurou que em Guaratinga e Itabela, os serviços de ligação, cortes, vazamentos, leitura e entrega de contas, manobras de abastecimentos entre outras atividades funcionaram normalmente. Porém, confirmamos que os trabalhadores estão sem receber.

Outras cidades do Sul da Bahia como Itamaraju, Itabuna e Ilhéus, aonde a Emissão S.A também atua, tiveram as atividades suspensas esta semana por falta de pagamento. Somente em Itabuna a paralisação foi de 24 hora, nos outros municípios a greve é por tempo indeterminado.

Nossa reportagem tentou contato com a Emissão S.A por telefone, mas nossas chamadas não foram atendidas.

Bahiadiaadia