Ex-prefeito e ex-secretários são conduzidos coercitivamente para depor na delegacia de Eunápolis

A Polícia Civil cumpriu na manhã desta quarta-feira (17) mandados de busca e apreensão e condução coercitiva no município de Itagimirim. Os mandados foram cumpridos na casa de ex-secretários municipais e do ex-prefeito Rogério Andrade (PP). Segundo o coordenador da 23ª Coordenadoria de Polícia do Interior (23ª Coorpin), Moisés Damasceno, a operação foi deflagrada a […]


17 de maio de 2017 10:59

A Polícia Civil cumpriu na manhã desta quarta-feira (17) mandados de busca e apreensão e condução coercitiva no município de Itagimirim. Os mandados foram cumpridos na casa de ex-secretários municipais e do ex-prefeito Rogério Andrade (PP).

Segundo o coordenador da 23ª Coordenadoria de Polícia do Interior (23ª Coorpin), Moisés Damasceno, a operação foi deflagrada a pedido do Ministério Público Estadual. “A operação teve o objetivo de apreender documentos, objetos, bens do poder público que teriam sido levados pelo ex-prefeito e pelos ex-secretários”, explicou o Damasceno.

Os mandados foram cumpridos nas casas dos ex-secretários em Itagimirim, na fazenda do ex-prefeito, na zona rural do município, e em uma casa do ex-prefeito no município de Santa Cruz Cabrália.

Foram conduzidos à delegacia de Eunápolis para serem ouvidos o ex-prefeito Rogério Andrade, o atual secretário de Educação, Rafael Amaral, e mais três ex-secretários da última gestão, dentre eles o ex-secretário de Saúde, Sérgio Murilo, Rilson Neris Miranda e o ex-secretário de Administração e Finanças, Wesley José Gonçalves.

A operação resultou ainda na apreensão de vários documentos da prefeitura municipal, como autorizações de pagamentos, entre outros, além de uma cadeira e um armário, que seriam da prefeitura e foram levados pelo ex-gestor municipal e pelos ex-secretários no final do mandato.

Foto: Gustavo Moreira

O delegado Moisés Damasceno informou que será feita a análise do farto material apreendido para avaliar se há materialidade para flagrantear os envolvidos conduzidos a delegacia.