Criminosos morrem em confronto com a polícia militar em Belmonte

Na manhã de hoje, por volta as 05h, uma ação de policiais militares pertencentes ao 8º BPM resultou na morte de dois criminosos em um imóvel localizado no BAIRRO IEDÃO, no distrito de BARROLÂNDIA. Após o informe de que o líder do tráfico de drogas na localidade estaria homiziado no citado endereço e de posse […]


10 de setembro de 2020 15:00

Na manhã de hoje, por volta as 05h, uma ação de policiais militares pertencentes ao 8º BPM resultou na morte de dois criminosos em um imóvel localizado no BAIRRO IEDÃO, no distrito de BARROLÂNDIA. Após o informe de que o líder do tráfico de drogas na localidade estaria homiziado no citado endereço e de posse de grande quantidade de drogas e armas, os policiais deslocaram para averiguação, e quando se aproximaram para realizar a abordagem foram recebidos por disparos de armas de fogo. Após responder a injusta agressão constataram que os resistentes foram alvejados, tendo de imediato prestado socorro e os encaminhado ao Hospital Municipal de Belmonte, onde foi constatado o óbito.

Os resistentes foram identificados como BRUNO SILVA BATISTA, conhecido pelos vulgos de BIBA e MARRECO, 22 anos, e A. D. O., 17 anos, e com eles foram apreendidos:

• 01 pistola cal. 9 mm, modelo MC28SA, com 09 munições intactas;
• 01 revólver Taurus, cal.38, com 02 munições intactas e 03 deflagradas;
• 243 buchas de maconha;
• 101 buchas de cocaína;
• 770 gramas de maconha (em tabletes);
• 50 gramas de pasta base de cocaína;
• 01 smartphone cinza da marca XAOMI;
• 01 smartphone azul da marca SAMSUNG;
• 01 corrente prateada;
• 01 relógio verde;
• 01 balança de precisão.

De acordo com os dados coletados, MARRECO se apresentava como uma liderança remanescente de um grupo criminoso que atua no tráfico de drogas em BELMONTE, e seria responsável pelas atividades criminosas na sede do município, e nos distritos de BARROLÂNDIA e PONTO CENTRAL, esse último distrito de SANTA CRUZ CABRÁLIA. Constam em seu histórico criminal ocorrências por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, no município de SANTA CRUZ CABRÁLIA, além de ser o suspeito de cometimento de roubos contra propriedades rurais, homicídios e agressões físicas contra moradores nos locais onde atuava.

ASCOM/8ºBPM