Ministério Público quer fechar o cerco na Bahia contra esquema de desvios de verbas da saúde e educação nas prefeituras

O Ministério Público estadual (MP-BA) prepara a criação de uma força-tarefa para aprofundar as investigações sobre os esquemas de desvios de verbas públicas em pelo menos 45 cidades baianas, mirando contratos nas áreas de educação e saúde. Em sigilo, o órgão tem em mãos farto material fruto de investigações que apontam o envolvimento de políticos […]


23 de julho de 2016 13:21

O Ministério Público estadual (MP-BA) prepara a criação de uma força-tarefa para aprofundar as investigações sobre os esquemas de desvios de verbas públicas em pelo menos 45 cidades baianas, mirando contratos nas áreas de educação e saúde. Em sigilo, o órgão tem em mãos farto material fruto de investigações que apontam o envolvimento de políticos e servidores no interior baiano em fraudes nas licitações e empresas de fachada em nome de laranjas. Quanto mais se procura, mais se acha os esquemas.