Xô, covid! Cidades baianas endurecem medidas para frear aumento de casos

Pelo menos 6 municípios proibiram a venda de bebidas, inclusive por delivery, para evitar festas


27 de maio de 2021 11:37

Proibição da venda de bebidas alcoólicas, lockdown completo e aumento da fiscalização. Essas são algumas medidas que pequenas cidades baianas adotaram para lidar com a pandemia. Em meio ao cenário de aumento de casos, mortes e internações nos leitos municipais, prefeituras, de cidades como Coronel João Sá, Monte Santo, Pedro Alexandre, Adustina, Iaçu e Ribeira do Pombal impuseram um isolamento rígido.

Em Ribeira do Pombal, a situação é classificada pelos profissionais de saúde como um pré-colapso. O município de cerca de 50 mil habitantes é o quinto da Bahia com o maior número de casos ativos, ou seja, de pessoas atualmente infectadas pela covid-19. No total, são 399, deixando Ribeira do Pombal atrás apenas de Salvador, Feira de Santana, Barreiras e Paulo Afonso, de acordo com os dados da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).  

Já em Belmonte, diante do aumento do número de infecções por COVID-19, a Prefeitura Municipal divulgou nessa quarta-feira (26/05) um apelo à comunidade em busca de voluntários para trabalhar nos finais de semana na Barreira Sanitária que será montada na entrada da cidade. Os interessados devem entrar em contato pelo telefone (73) 99973-3138. Os voluntários se revezarão em turnos de 06 Horas.