Manchetes

Vacinação em atraso: Cabrália é a 5ª cidade que menos vacina na Bahia

Veja na matéria a lista de cidades


Foto: Ascom Cabrália

A vacinação na Bahia, como em todos os estados, trava uma luta contra o tempo: é preciso vacinar o maior número de pessoas o mais rápido possível, para que a população fique logo imune. Se, em grande parte, faltam doses do imunizante, há também  vacinas encalhadas em muitas cidades. É o que ocorre, por exemplo, em  Itaetê, na região da  Chapada Diamantina. A cidade, com 16 mil habitantes, só aplicou 26,8% das doses recebidas. O segundo pior índice fica com  Jucuruçu que só aplicou 28,9% das doses, Cabrália ocupa a 5ª colocação com 40,7% das doses aplicadas.

Dos 417 municípios do estado, 155 (37,17% deles)  não chegaram a aplicar nem 75% dos imunizantes que receberam. Os números são do painel de cobertura vacinal da covid-19 da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), após uma consulta feita até às 15h  de ontem. Além de Itaetê e Jucuruçu,  outros quatro municípios não usaram nem 50% das vacinas:  Ibiquera (40%), Brotas de Macaúbas (40,5%), Santa Cruz Cabrália (40,7%) e Itaju do Colônia (47,4%).

O percentual, segundo a Sesab, é o mínimo exigido para que a secretaria envie novos lotes do imunizante. Na Bahia, a média total de aplicabilidade das vacinas contra covid nos 417 municípios é de 66,3% – das 439.980 doses recebidas pelo Ministério da Saúde, 291.676 foram utilizadas.

10 menores percentuais de doses aplicadas na Bahia (fonte: Sesab)

Itaetê – 26,8% – 652 recebidas e 175 aplicadas
Jucuruçu – 28,9% – 90 recebidas e 26 aplicadas
Ibiquera – 40% – 100 recebidas e 40 aplicadas
Brotas de Macaúbas – 40,5% – 415 recebidas e 168 aplicadas
Santa Cruz Cabrália – 40,7% – 4.230 recebidas e 1.722 aplicadas
Itaju do Colônia – 47,4% – 704 recebidas e 334 aplicadas
Jussara – 52% – 350 recebidas e 182 aplicadas
Pau Brasil – 52,4% – 1.863 recebidas e 976 aplicadas
Candeal – 53,5% – 240 recebidas e 128 aplicadas
Butirama – 340 recebidas e 182 aplicadas

Municípios que aplicaram 100% das doses/número de doses (fonte: Sesab)

Abaíra – 260
Adustina – 258
Almadina – 104
Anagé – 394
Andorinha – 248
Aurelino Leal – 182
Caatiba – 183
Caculé – 530
Caetanos – 250
Candiba – 290
Cândido Sales – 480
Caraíbas – 250
Carinhanha – 392
Chorrochó – 223
Coaraci – 493
Cocos – 252
Condeúba – 380
Coribe – 263
Cravolândia – 210
Encruzilhada – 445
Esplanada – 482
Filadélfia – 304
Firmino Alvez – 105
Ilhéus – 7.123
Irajuba – 126
Itacaré – 280
Itagi – 215
Itagibá – 180
Itanagra – 102
Itapé – 170
Itapebi – 193
Itapetinga – 1.810
Itaquara – 120
Itiruçu – 217
Ituberá – 194
Jitaúna – 205
Lagoa Real – 300
Macarani – 230
Maetinga – 155
Maiquinique – 135
Maracás – 409
Matina – 253
Mortugaba – 270
Ouriçangas – 129
Palmeiras – 140
Paratinga – 709
Piatã – 310
Pindobaçu – 267
piripá – 273
Ribeira do Amparo – 194
Sebastião Laranjeiras – 235
Sítio do Quinto – 169
Taboas do Brejo Velho – 210
Uruçuca – 267
Utinga – 537
Wanderley – 260 

(Correio da Bahia)

. . .

Leia também:

Censo 2022 começa em territórios indígenas

O Censo 2022 começa hoje (10) nos territórios indígenas e vai até 31 de outubro. Serão recenseados os indígenas...

Idosa de 75 anos morre após cair em fossa séptica em Itapebi

Uma idosa de 75 anos morreu após cair em fossa séptica instalada no quintal da casa onde ela morava no município de Itapebi, no extremo...

CNH pode custar até R$ 3 mil: veja como tirar a habilitação de graça

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH), também conhecida como carteira de motorista, costuma ficar ainda mais cara com o passar do...

IBGE começa nesta segunda o Censo 2022

Com o objetivo de levantar dados amplos e confiáveis sobre diversos aspectos da vida dos brasileiros, o Instituto Brasileiro de Geografia...