Vacinação em atraso: Cabrália é a 5ª cidade que menos vacina na Bahia

Veja na matéria a lista de cidades


10 de fevereiro de 2021 17:13
Foto: Ascom Cabrália

A vacinação na Bahia, como em todos os estados, trava uma luta contra o tempo: é preciso vacinar o maior número de pessoas o mais rápido possível, para que a população fique logo imune. Se, em grande parte, faltam doses do imunizante, há também  vacinas encalhadas em muitas cidades. É o que ocorre, por exemplo, em  Itaetê, na região da  Chapada Diamantina. A cidade, com 16 mil habitantes, só aplicou 26,8% das doses recebidas. O segundo pior índice fica com  Jucuruçu que só aplicou 28,9% das doses, Cabrália ocupa a 5ª colocação com 40,7% das doses aplicadas.

Dos 417 municípios do estado, 155 (37,17% deles)  não chegaram a aplicar nem 75% dos imunizantes que receberam. Os números são do painel de cobertura vacinal da covid-19 da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), após uma consulta feita até às 15h  de ontem. Além de Itaetê e Jucuruçu,  outros quatro municípios não usaram nem 50% das vacinas:  Ibiquera (40%), Brotas de Macaúbas (40,5%), Santa Cruz Cabrália (40,7%) e Itaju do Colônia (47,4%).

O percentual, segundo a Sesab, é o mínimo exigido para que a secretaria envie novos lotes do imunizante. Na Bahia, a média total de aplicabilidade das vacinas contra covid nos 417 municípios é de 66,3% – das 439.980 doses recebidas pelo Ministério da Saúde, 291.676 foram utilizadas.

10 menores percentuais de doses aplicadas na Bahia (fonte: Sesab)

Itaetê – 26,8% – 652 recebidas e 175 aplicadas
Jucuruçu – 28,9% – 90 recebidas e 26 aplicadas
Ibiquera – 40% – 100 recebidas e 40 aplicadas
Brotas de Macaúbas – 40,5% – 415 recebidas e 168 aplicadas
Santa Cruz Cabrália – 40,7% – 4.230 recebidas e 1.722 aplicadas
Itaju do Colônia – 47,4% – 704 recebidas e 334 aplicadas
Jussara – 52% – 350 recebidas e 182 aplicadas
Pau Brasil – 52,4% – 1.863 recebidas e 976 aplicadas
Candeal – 53,5% – 240 recebidas e 128 aplicadas
Butirama – 340 recebidas e 182 aplicadas

Municípios que aplicaram 100% das doses/número de doses (fonte: Sesab)

Abaíra – 260
Adustina – 258
Almadina – 104
Anagé – 394
Andorinha – 248
Aurelino Leal – 182
Caatiba – 183
Caculé – 530
Caetanos – 250
Candiba – 290
Cândido Sales – 480
Caraíbas – 250
Carinhanha – 392
Chorrochó – 223
Coaraci – 493
Cocos – 252
Condeúba – 380
Coribe – 263
Cravolândia – 210
Encruzilhada – 445
Esplanada – 482
Filadélfia – 304
Firmino Alvez – 105
Ilhéus – 7.123
Irajuba – 126
Itacaré – 280
Itagi – 215
Itagibá – 180
Itanagra – 102
Itapé – 170
Itapebi – 193
Itapetinga – 1.810
Itaquara – 120
Itiruçu – 217
Ituberá – 194
Jitaúna – 205
Lagoa Real – 300
Macarani – 230
Maetinga – 155
Maiquinique – 135
Maracás – 409
Matina – 253
Mortugaba – 270
Ouriçangas – 129
Palmeiras – 140
Paratinga – 709
Piatã – 310
Pindobaçu – 267
piripá – 273
Ribeira do Amparo – 194
Sebastião Laranjeiras – 235
Sítio do Quinto – 169
Taboas do Brejo Velho – 210
Uruçuca – 267
Utinga – 537
Wanderley – 260 

(Correio da Bahia)