Manchetes

Temporada de férias na Bahia ganha novas rotas e voos

Novidade para a região é a inclusão de Porto Seguro nas rotas da ITA, do grupo Itapemirim.


A expectativa para a próxima temporada de férias por parte do trade turístico ganhou um reforço com a implantação de novas rotas e a retomada de diversos voos para Salvador e outros destinos do estado entre os meses de junho e julho.

O movimento de reabertura de empreendimentos, de acordo com os entrevistados, está intrinsecamente ligado ao avanço da campanha de imunização da população contra a Covid-19 no Brasil.

A maior concentração de voos novos e retomados no estado está na capital, com a reativação de linhas internacionais e nacionais para diversas regiões do país, indicando que o setor começa a reagir depois de 15 meses de pandemia.

No interior a retomada de rotas e a implantação de novas opções aumentam a esperança de incrementar a atividade turística, com foco em Mucugê (Chapada Diamantina), Comandatuba (município de Una) e Porto Seguro.

Na Costa do Descobrimento a oferta de voos já cresceu em junho, passando de 288 realizados em maio, para 410 até o final deste mês. Novidade para a região é a inclusão de Porto Seguro nas rotas da ITA, do grupo Itapemirim. A partir de 30 de junho entre Salvador e Guarulhos e a partir do próximo mês também de voos vindos de Confins (MG) e do Rio de Janeiro.

De acordo com o proprietário de um bar e restaurante na praia da Pitinga, em Porto Seguro, Eduardo Oberlaender, “o mês de junho deste ano está melhor do que o mesmo mês de 2019, considerando que estamos na baixa estação”.

Diretor conselheiro da seccional Bahia da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), ele enfatizou que a disponibilização dos meios de transporte é fundamental para que a situação comece a ser normalizada e ponderou que a retomada do movimento para o setor é gradual e está relacionada com o avanço da vacinação.

Conforme o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) na Bahia, Wilson Spagnol, o setor está reagindo gradativamente, sendo a retomada dos voos um sinal positivo.

Spagnol também fez uma relação entre a volta do movimento de turistas, com o aumento do número de pessoas imunizadas e se disse animado com o retorno dos visitantes, embora tímido ainda. “A vacinação deu uma acelerada, com reflexo na procura por hospedagem”, disse o hoteleiro de Porto Seguro, reforçando que os visitantes estão chegando, inclusive em voos fretados.

No litoral sul, a Ilha de Comandatuba recebe a partir do dia 26 de junho pelo aeródromo do Hotel Transamérica, voos de Confins (MG) e Congonhas (SP) pela Azul. Já a Latam Airlines Brasil prevê operar a partir de agosto a rota Congonhas-Comandatuba.

“Não poderíamos estar mais animados e motivados com o cenário em vista não só para as férias de julho, mas para todo o segundo semestre deste ano”, afirmou o diretor de resort em Comandatuba, Rodrigo Galvão.

Para ele, entre outras vantagens, o diferencial para quem pousa em Una está na possibilidade de desembarcar e receber as bagagens no quarto “devidamente higienizadas”, asseverou.

Ainda conforme Galvão, o movimento crescente “nós dá a certeza de que a demanda reprimida de viagens que existia está sendo atendida com a oferta de cada vez mais voos diretos para Una e para outras regiões da Bahia”.

Pista de pouso

A pista de pouso da Fazenda Progresso, em Mucugê, será o segundo acesso aéreo até a região central do estado, que tinha, até hoje, rota apenas para o aeroporto de Lençóis.

Com previsão de iniciar hoje sua operação, a Abaeté Aviação fará inicialmente duas viagens por semana entre Salvador e Mucugê, às quintas-feiras e domingos, em um trajeto que já é utilizado em fretamentos particulares para translado de pessoas e transporte de objetos.

Conforme o guia e artesão de Mucugê Euvaldo Ribeiro Jr., o principal foco para o deslocamento por via aérea é o turismo rural que cresce no município. Ele exemplificou citando o roteiro das frutas vermelhas, “que é inédito no Nordeste, atrai um público específico e agrega ainda os subprodutos, como geleias, doces e licores”.

Saboreados pelos visitantes, os produtos derivados reforçam o movimento da economia local, pela geração de emprego e renda entre os moradores. Ribeiro Jr. salientou que o município tem tradição também na produção de cafés especiais e brevemente terá uma vinícola (previsão para julho/agosto), atividades que atraem turistas, bem como empresários do setor.

ATarde

. . .

Leia também:

Belmonte e Cabrália registram casos da variante ômicron

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) detectou, por meio de sequenciamento genético, 49 amostras da variante...

Bahia já vacinou quase 11 milhões de pessoas contra a Covid-19

Até este domingo (2), a Bahia vacinou 10.722.874 de pessoas com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Segundo a Secretaria da...

Prefeito de Cabrália Agnelo Santos recebe premio de melhor gestor da região

A segunda gestão do prefeito tem ganho destaque por suas ações durante a condução frente a pandemia e nova forma de administrar os...

Foragido da justiça é preso na BR 101 em Eunápolis

APolícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na manhã de hoje (29), um homem que possuía mandado de prisão em aberto pelos crimes de...

Bahia registra maior acumulado de chuvas para dezembro nos últimos 32 anos

A Bahia está enfrentando a pior chuva para o mês de dezembro desde 1989. Itamaraju (no sul da Bahia) foi o município onde mais choveu no...