Manchetes

Polícia investiga morte de homem com transtorno mental no Geraldão

Ele foi atingido por vários tiros no bairro Geraldão


Uelison morava sozinho, trabalhava de ajudante de pedreiro e não aceitava tratamento psiquiátrico, diz família

Um homem com transtorno mental foi assassinado a tiros, no início da manhã deste domingo (24), no bairro Geraldão, na cidade de Santa Cruz Cabrália.

Uelison Soares dos Santos ainda chegou a ser socorrido pelo Samu e encaminhado para o Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, mas acabou não resistindo aos ferimentos.

Segundo a família, Uelison morava sozinho no local, trabalhava de ajudante de pedreiro e não aceitava tratamento psiquiátrico.

Ainda de acordo com a informação, ele costumava cantar em igreja evangélica, não usava droga e nunca tinha sido preso.

“Ele também gostava muito de futebol e discutia com outras pessoas sobre este esporte, mas não acredito que esta tenha sido a motivação do crime”, declarou um irmão.

O homicídio está sendo investigado. Nenhum suspeito foi identificado até o momento.

Radar64

. . .

Leia também:

Cabrália registra 17 casos ativos, Bahia registra 5.248 casos ativos de Covid-19 e mais 9 óbitos

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.991 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,13%) e 1.051 recuperados (+0,07%)....

PRF lança Operação Corpus Christi 2022 na Bahia

Corpus Christi é um dos feriados cristãos mais comemorados no Brasil. Neste ano de 2022 a comemoração ocorrerá no dia 16 de junho,...

Três prisões em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições de uso restrito

Policiais da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Eunápolis prenderam quatro pessoas, apreenderam um...

Com mais de 60 mil atendimentos, Policlínica Regional da Costa do Descobrimento completa primeiro ano de funcionamento

Nesta sexta-feira, 10, o presidente do Consórcio Interfederativo de Saúde e prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, participou...

60% dos baianos vacinados contra a Covid-19 não reforçaram a imunização com as 3ª e 4ª doses

Do total de 11,6 milhões de baianos vacinados com as 1ª e 2ª doses de vacina contra a Covid-19, cerca de 6,1 milhões de pessoas...