Manchetes

Fora da policlínica regional prefeito Jânio pagará mais caro por serviços ambulatoriais

Prefeito Jânio poderia ter adquirido todos o serviços da Policlínica pagando até 70% mais barato e diminuiria as filas, tendo 36 mil atendimentos por ano


Com problemas recorrentes na saúde, Porto Seguro segue fazendo vítimas e com isso a população vem sofrendo. Neste ano de 2021 a comunidade vive dependendo da estrutura de Eunápolis e do Governo do Estado para manter os serviços que anda precário, moradores da cidade ainda não entendem por qual motivo o prefeito Jânio Natal não quis fazer parte do consorcio regional de saúde, onde gastaria 201.503,00 (duzentos mil e quinhentos e três reais cerca de 2.503,00 milhões ano, para ter 3.000,00 (três mil) atendimentos mês, com 36 mil atendimentos ao ano e com direito a transporte.

Atualmente o prefeito Jânio Natal gasta em média mais de 1 milhão de reais por mês, e no ano gasta mais de 12 milhões em procedimentos ambulatoriais, deixando as pessoas na fila por dias, semanas e meses para um atendimento .

Prefeito Jânio Natal poderia ter adquirido todos esses serviços de saúde oferecido pela Policlínica regional.

Serviços oferecidos:

A unidade atenderá nas especialidades de: Angiologia, Cardiologia, Endocrinologia, Neurologia, Gastrenterologia, Otorrinolaringologia, Oftalmologia, Urologia, Pequenos Procedimentos Cirúrgicos, Ginecologia, Pneumologia, Dermatologia, Reumatologia, Anestesia Fisioterapia e Ortopedia. Ainda há especialidades não médicas, como: Farmácia Clínica, Enfermagem, Psicologia e Nutricionista. O equipamento vai oferecer também exames como: ecocardiógrafa, eletroencefalograma, ergometria, Holter, MAPA, endoscopia digestiva, ultrassonografia Doppler, Raio-X, e tomografia.

O Rateio

De acordo com Rui Costa, além das obras e equipamentos, para o funcionamento da Policlínica, o Governo do Estado também arca com 40% dos custos. “Os outros 60% são divididos entre os municípios consorciados, proporcionalmente à população de cada um deles.
Uma economia de 70% para as prefeituras no custo das consultas e exames, comparando com os preços dos convênios na rede privada.

Prefeita de Eunápolis Cordélia Torres (esq), Presidente do Consórcio e Prefeito de Santa Cruz Cabrália Agnelo Santos (cen), Governador Rui Costa (dir)

Eunápolis

A equipe estratégia da Saúde de Eunápolis, com a sensibilidade da prefeita Cordélia, observou as vantagens e benefícios que o consórcio traz para o município, além do fato da policlínica ter sua sede no municípios, há uma economia substantiva de gastos, com isso sobraria dinheiro para investir em outras área da saúde

Porto Seguro

Se tivesse aderindo ao consórcio, desafogaria o Hospital Geral do Estadual(HGE) e ampliaria mais atendimento humanizado à população, diminuiria as filas na saúde do município já que teria 36 mil atendimentos na policlínica regional em Eunápolis ajudando assim a população.

A população tem dificuldade em marcar exames em várias especialidades. A pergunta é: por que o Prefeito de Porto Seguro prefere pagar mais de 12 milhões de reais anuais em serviços de saúde?

Os municípios que fazem parte do Consórcio são Itapebi, Itagimirim, Itabela, Guaratinga, Santa Cruz Cabrália, Eunápolis e Belmonte. Apenas Porto Seguro ficou de fora.

. . .

Leia também:

Belmonte e Cabrália registram casos da variante ômicron

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) detectou, por meio de sequenciamento genético, 49 amostras da variante...

Bahia já vacinou quase 11 milhões de pessoas contra a Covid-19

Até este domingo (2), a Bahia vacinou 10.722.874 de pessoas com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Segundo a Secretaria da...

Prefeito de Cabrália Agnelo Santos recebe premio de melhor gestor da região

A segunda gestão do prefeito tem ganho destaque por suas ações durante a condução frente a pandemia e nova forma de administrar os...

Foragido da justiça é preso na BR 101 em Eunápolis

APolícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na manhã de hoje (29), um homem que possuía mandado de prisão em aberto pelos crimes de...

Bahia registra maior acumulado de chuvas para dezembro nos últimos 32 anos

A Bahia está enfrentando a pior chuva para o mês de dezembro desde 1989. Itamaraju (no sul da Bahia) foi o município onde mais choveu no...