Ex-prefeito questiona atual gestor por não terminar obras que ficaram com dinheiro em caixa

Em nota o ex-prefeito alerta para obras não concluídas da atual gestão.


18 de fevereiro de 2020 10:29
Placa da construção do Portal da Cidade de 2017

O ex-prefeito de Santa Cruz Cabrália, Jorge Pontes, emitiu uma nota de esclarecimento sobre algumas obras que tiveram seus projetos aprovados e com dinheiro em caixa e ainda não concluídas na atual gestão, segue nota na integra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO:
Como ex-prefeito de minha querida Santa Cruz Cabrália cumpre esclarecer que a obra do portal de entrada da cidade conseguida por nós através de emenda parlamentar, teve o seu projeto aprovado e liberado pelo DENIT no ano de 2015, conforme modelo das fotos e placa com o valor da obra. Devido ao atraso no repasse dos recursos que somente chegaram ao município no final de 2016, não houve tempo para conclusão da obra. Todavia o dinheiro ficou depositado na conta do município na Caixa Econômica Federal. Não sei por quais motivos a atual gestão não conseguiu concluir até o momento a obra do portal! Como também não sei por quais motivos o atual gestor não concluiu as obras das duas creches que deixamos iniciadas em Coroa Vermelha, entre o V Centenário e o Bairro Santa Maria e a outra no Bairro Geraldão. Fui informado hoje, que o município está tocando a obra do portal a “toque de caixa”, descaracterizando o projeto original, o que lamentamos muito. Torço muito para que a nossa cidade reencontre o seu caminho de paz, prosperidade e que o legado deixado por nós nas duas gestões 2009-2012. 2013-2016 não seja liquidado e jogado às traças como fizeram com a frota dos 11 ônibus de transporte escolar novos, que adquirimos com recursos próprios e convênio com o FNDE e que a atual gestão deixou sucatear na garagem do município. 2020 é ano de eleições e devemos ficar alerta para as aves de rapina travestidos de boa gente, que só sabem fazer promessas que são esquecidas quando eleitos. Que Deus ilumine e abençoe o nosso povo sofrido da Terra Mãe do Brasil.