Com estrutura sucateada, alunos voltam às aulas em Cabrália

O ano letivo de na rede municipal de Santa Cruz Cabrália começou com problemas de infraestrutura em algumas escolas. Escolas pixadas, cadeiras quebradas, e até salas sujas são algumas das dificuldades enfrentadas pelos estudantes e pais. Na escola Nair Sambrano, no bairro Campinho, foi encontrada uma situação de sucateio como é possível verificar nas fotos. […]


11 de fevereiro de 2019 11:20

O ano letivo de na rede municipal de Santa Cruz Cabrália começou com problemas de infraestrutura em algumas escolas. Escolas pixadas, cadeiras quebradas, e até salas sujas são algumas das dificuldades enfrentadas pelos estudantes e pais.

Na escola Nair Sambrano, no bairro Campinho, foi encontrada uma situação de sucateio como é possível verificar nas fotos.
“Tudo pixado, não passou por nenhuma reforma, nem parece que ficou dois meses fechado as escolas, estamos em meados de fevereiro e as escolas desse jeito” disse uma mãe.

Um pai afirmou uma situação na escola Antônio Sambrano Guerra, na Sapolândia, os próprios professores fizeram um mutirão para pintar o muro da escola. Vale ressaltar a boa vontade e empenho dos professores de fazer todo o possível para garantir um bom ensino aos alunos cabralienses.

PREFEITURA
A prefeitura de Santa Cruz Cabrália anunciou no dia (8) em suas mídias sociais e oficiais a reforma das escolas municipais, mas de fato apenas a Escola Municipal Victurino da Purificação Figueiredo em Coroa Vermelha (que recentemente se tornou militar) foi reformada após muita pressão dos militares para que fosse seguido o padrão.
Ainda na matéria oficial das reformas da prefeitura, o prefeito diz “Nosso objetivo é acomodar melhor todos os nossos alunos”.

PAIS
Os pais que encontraram a escola do seu filho nesta ou noutra situação, pode nos enviar fotos e denúncias através de nossa página no Facebook pelo endereço http://m.me/SantaCruzCabraliaBa/.