Câmara de Cabrália pode afastar o prefeito Agnelo

Cresce entre os vereadores um movimento favorável a instalação de uma Comissão de Investigação (correspondente à CPI) para apurar denúncias de supostas irregularidades cometidas na gestão do prefeito Agnelo Júnior (PSD). Alguns vereadores teriam em mãos denúncias com documentos que justificariam até mais de uma “CPI”. Vale lembrar que a cidade vem sofrendo descasos em […]


18 de março de 2019 09:49

Cresce entre os vereadores um movimento favorável a instalação de uma Comissão de Investigação (correspondente à CPI) para apurar denúncias de supostas irregularidades cometidas na gestão do prefeito Agnelo Júnior (PSD). Alguns vereadores teriam em mãos denúncias com documentos que justificariam até mais de uma “CPI”.
Vale lembrar que a cidade vem sofrendo descasos em vários setores da administração pública, além de contratos milionários.
Contratos de limpeza pública, transportes escolar, gráfica, locação de veículos pequeno entre tantos outros que iremos publicar posteriormente.

Fraternos – Não custa lembrar que Agnelo é investigado pelo Ministério Público Federal, na Operação Fraternos, que apura desvios de R$ 200 milhões em 3 prefeituras da região, onde sua irmã Cláudia, prefeita de Porto Seguro, e seu cunhado, Robério Oliveira, também são investigados na Operação.