Cabrália: Coronavírus faz primeira vítima fatal em aldeia indígena Pataxó

Morreu no início da tarde desta terça-feira (7), a primeira vítima de Covid -19 da etnia Pataxó. Segundo informações de familiares, o ancião Valmir Nunes Pataxó, de 68 anos, estava internado há duas semanas no hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro. O corpo do indígena será enterrado nesta quarta-feira (8), no cemitério da aldeia de Coroa […]


7 de julho de 2020 18:04

Morreu no início da tarde desta terça-feira (7), a primeira vítima de Covid -19 da etnia Pataxó. Segundo informações de familiares, o ancião Valmir Nunes Pataxó, de 68 anos, estava internado há duas semanas no hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro.

O corpo do indígena será enterrado nesta quarta-feira (8), no cemitério da aldeia de Coroa Vermelha em Santa Cruz Cabrália. O enterro será presenciado apenas por familiares seguindo as normas do Ministério da Saúde.

O cacique Zeca Pataxó informou ao site BAHIA DIA A DIA que todos os indígenas estão consternados com a morte de Valmir Pataxó. 

Os familiares de Valmir estão sendo acompanhados pelos órgãos de saúde competentes.