4 vereadores do lado do povo

Para aprovar o projeto são necessário dois terços dos vereadores, ou seja, oito votos para aprovação.


14 de junho de 2019 10:19
Xêpa, Indiara, Luciano e Humbertinho compareceram na sessão

A Câmara Municipal de Santa Cruz Cabrália vota hoje o projeto de lei que visa conceder ao executivo total liberdade para celebrar e permitir concessões do serviço de saneamento e fornecimento de água do município.

Quatro vereadores já se posicionaram ser contra, são eles: Xêpa, Indiara, Luciano e Humbertinho. Esses vereadores estão se mostrando ser uma resistência ativa, atendendo os anseios do povo. Há um grande receio na população cabraliense sobre como será essa gerida essa possível privatização, pois vê na privatização a vontade de transformar a água, que é um bem público, em mercadoria, promovendo lucros para os empresários que investirem nisso.

Experiências de outras cidades com menos de 100 mil habitantes que privatizaram já mostrou que não dá certo e quem paga a conta é a população com o aumento indiscriminado das tarifas.

Para aprovar são necessário dois terços dos vereadores, ou seja, oito votos para aprovação do projeto, com os quatro votos contra confirmados o projeto fica com votos insuficientes para ser aprovado.

O prefeito Agnelo Santos(PSD) e o presidente da câmara, Romali Pairana (PSD) poderão utilizar a estratégia de esvaziar a sessão para tentar ganhar tempo para conseguir mais um voto. Como será a possível conquista desse voto fica subentendido nas entrelinhas.