Rui diz que Bahia pode ter 8 milhões de imunizados em julho se vacina for liberada

Enviamos os últimos documentos pedidos e estamos aguardando a chegada de 2 milhões de doses da Sputnik V


24 de maio de 2021 11:10

O governador Rui Costa afirmou que a Bahia pode ter pelo menos 8 milhões de pessoas vacinadas contra a Covid-19 até o final de julho, se a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o uso da vacina Sputnik V no Brasil. Segundo o petista, em caso de liberação do uso da Sputnik V, a Bahia receberá dois milhões de doses nos próximos meses.

“Enviamos os últimos documentos pedidos e estamos aguardando a chegada de 2 milhões de doses da Sputnik V, o que pode ampliar nossa capacidade de vacinação dos baianos para 8 milhões de pessoas”, disse em entrevista à Rádio Metrópole, nesta segunda-feira, 24..

Caso o número seja alcançado, a Bahia terá vacinado pouco mais de 50% da sua população de cerca de 15,5 milhões de pessoas, segundo o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O imunizante já foi foi avaliado e teve uso negado pela Anvisa, que alegou inconsistências e falta de documentação. Na última sexta-feira, 21, o Governo da Bahia enviou a agência um último documento exigido para demonstração de eficácia, qualidade e segurança da vacina. De acordo com o Governo, o Relatório Técnico de aprovação da vacina Sputnik V foi enviado pelo Ministério da Saúde da Federação Russa. O prazo estabelecido para que a Anvisa avalie pedido de importação excepcional é de sete dias.

Críticas a Bolsonaro

O governador também teceu fortes críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) após as manifestações no Rio de Janeiro no último final de semana. “Ele (Bolsonaro) reaglutina a seita dos seus seguidores sempre que está acuado. Ele aprofunda e radicaliza esse comportamento. Nada disso é impensável. Tudo é planejado. Enquanto isso, o Brasil vive uma tragédia social. A fome voltou no Brasil. Vários lugares no Brasil pedindo comida. Nunca vi tanto desprezo pela vida humana em uma pessoa. Felizmente, esse é um pesadelo com data para acabar”, afirmou o governador. 

Ainda em tom crítico ao Governo Federal, Rui Costa analisou o momento da pandemia e pediu que as pessoas voltem a seguir os protocolos básicos de saúde. “Temos um crescimento da doença na Bahia desde março, onde tivemos mais de 3 mil óbitos. Aqui ainda temos outra realidade terrível é que as pessoas estão abandonado a máscara, como fizeram nos Estados Unidos, achando que o vírus foi embora. Eles tiraram o presidente irresponsável. Aqui ainda não. Aqui o presidente é aliado do vírus”, disse.

Atarde