Prefeitura decreta lockdown a partir de segunda-feira (1)

“Esta é uma medida dura, que nenhum governante quer tomar, sacrifica a todos”, diz prefeito Nilo Coelho


25 de fevereiro de 2021 08:34
“Esta é uma medida dura, que nenhum governante quer tomar, sacrifica a todos”, diz prefeito Nilo Coelho

Com o avanço da pandemia do coronavírus, a prefeitura da cidade de Guanambi, no oeste da Bahia, anunciou que implantará o fechamento total de atividades (lockdown) no município durante dez dias, a partir da próxima segunda-feira (1º).

O anúncio foi feito diante do colapso da rede de leitos clínicos e de semi-intensivo do Pronto Atendimento (PA Covid) e Hospital Municipal, além da rede de UTI de Vitória da Conquista, unidade de referência para a região sudoeste. Segundo a prefeitura, somente atividades consideradas de extrema necessidade poderão funcionar.

No Boletim da quarta-feira (24), foram registrados 23 óbitos, 17 pacientes internados, 170 casos ativos, 156 aguardam resultado e 52 positivados nas últimas 24 horas. O Hospital Municipal e a UTI de Vitória da Conquista estão com 100% de ocupação, UTI´s de Salvador estão com 84% e o PA Covid de Guanambi com mais da metade de sua capacidade ocupada.

“Esta é uma medida dura, que nenhum governante quer tomar, sacrifica a todos, mas não quero me deparar com a condição de não ter leito para internar um guanambiense, não sou o primeiro a tomar esta medida e diante a gravidade que estamos vivendo, outras cidades também tomarão”, disse o prefeito Nilo Coelho (DEM) durante reunião com secretários.