Ford retirou toda frota do pátio de Camaçari no final de semana, afirma deputado Bira Corôa

Presente no ato dos trabalhadores contra o fechamento da Ford em Camaçari, o deputado estadual Bira Corôa (PT) afirmou que a montadora retirou todos os veículos do pátio da empresa na Região Metropolitana de Camaçari (RMS) ainda no final de semana. Com receio de que a fábrica comece a ser “desmontada”, funcionários decidiram acampar no […]


12 de janeiro de 2021 11:24
Bira Coroa (PT) acompanha o ato dos trabalhadores no local | Foto: Divulgaçã

Presente no ato dos trabalhadores contra o fechamento da Ford em Camaçari, o deputado estadual Bira Corôa (PT) afirmou que a montadora retirou todos os veículos do pátio da empresa na Região Metropolitana de Camaçari (RMS) ainda no final de semana. Com receio de que a fábrica comece a ser “desmontada”, funcionários decidiram acampar no local.

“Eles vão para a Argentina. É a fuga do empresário quando ouve o presidente da República dizer que não pode fazer nada. Eu defendo que a Bahia também seja mais dura. Essa área que a Ford está é uma área de concessão, a concessão vai até 2025. Tem que negociar a permanência, mas, se não ficarem, tem que desapropriar”, afirmou, a este Política Livre.

Segundo o parlamentar, a empresa vai manter ainda na Bahia o Centro de Pesquisa – o mais moderno do país – e a pista de treinos. Isso tudo, no entanto, fica até dezembro deste ano. “A saída da Ford vai deixar, pelo menos, 12 mil pessoas sem renda. Vai estourar o comércio da RMS”, apontou o petista. Estiveram no ato lideranças políticas como os deputados federais Daniel Almeida (PCdoB), Pastor Sargento Isidório (Avante), a deputada estadual Olívia Santana (PCdoB), o ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano (PT), e políticos locais.
Alexandre Galvão – Política Livre