Cesta do Povo anuncia implantação de lojas em Porto Seguro e Itabela

Empresa já está com lojas abertas em várias cidades da Bahia


5 de junho de 2019 15:42

A Cesta do Povo retomou suas operações na Bahia e anunciou nesta terça-feira (03) que implantará unidades nas cidades de Itabela e Porto Seguro na Costa do Descobrimento.

De acordo com a empresa, as unidades abrem suas portas renovadas, com nova comunicação visual e com o objetivo de oferecer variedade de produtos, qualidade e preços baixos para abastecer com economia os lares dos baianos.

Ainda segundo a rede varejista, as estruturas estarão mais modernas, funcionais e confortáveis para receber os consumidores, que terão à disposição seções de hortifrúti, padaria e açougue.

Em um comunicado, a Cesta do Povo diz que, com a abertura das novas lojas, os pequenos, médios e grandes fornecedores passam a ter novos pontos de vendas para comercializar seus produtos.

Na Bahia, a Cesta do povo já está em funcionamento em Salvador, Mata de São João, Dias D’Ávila, Feira de Santana, Santo Estevão, Una, Barra e Juazeiro. Em breve, também estarão em funcionamento as lojas de Morro do Chapéu, Irecê, Senhor do Bonfim e Xique-Xique.

VENDA DA MARCA

A Cesta no Povo foi criada em 1979 e por mais de 30 anos foi a única rede de supermercados estatal no Brasil. Os supermercados eram administrados pelo Governo da Bahia e fechou todas as 245 lojas espalhadas pela capital e o interior da Bahia no ano de 2015, pois estavam dando prejuízos aos cofres públicos.

Todos os funcionários que trabalhavam na rede eram concursados do Estado e foram demitidos. Eles entraram na justiça e o Estado foi obrigado a pagar indenizações para os ex-funcionários.

Em 2018, a Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), dona da Cesta do Povo, foi vendida pelo Governo por R$ 15 milhões em leilão público para o grupo espanhol NGV Empreendimentos e Participações.

O Grupo espanhol investiu em uma nova marca para a empresa e está terceirizando a administração de algumas unidades, através de certame.

A reabertura da empresa na região está gerando expectativas de novas oportunidades de empregos e opção de compra.   

Fonte: Bahia Dia a Dia