Manchetes

Campanha contra raiva é suspensa na Bahia após atraso de laboratório na entrega de vacinas

Problema é nacional e, com isso, Ministério da Saúde priorizou áreas consideradas de risco, que tiveram registros da doença neste ano. O estado não é uma delas.


Foto: Wesley Morau

A campanha de imunização de cães e gatos contra a raiva foi suspensa temporariamente na Bahia, segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). A estratégia seria realizada neste mês.

O anúncio foi feito depois que o laboratório fornecedor da vacina antirrábica atrasou a entrega para o Ministério da Saúde e, no repasse, o estado recebeu apenas 16% do que era esperado para o período.

Por meio de nota, o Ministério divulgou que, com esse atraso, a estratégia de imunização deste ano foi alterada para priorizar municípios com maior risco de epidemia da doença e a Bahia não é um deles. A previsão de normalização é em novembro.

De acordo com a Sesab, o Estado esperava a chegada de 2,5 milhões de vacinas neste mês, mas só chegaram 400 mil unidades. No entanto, não há desabastecimento.

Em Salvador, segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), o último recebimento de vacina aconteceu dia 19 de agosto, mas o estoque disponível garante a continuação das vacinações diárias no município.

Em nota, a SMS ressalta ainda que o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e o Hospital de Medicina Veterinária Renato R. de Medeiros Neto, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), realizarão uma atividade no sábado (28), quando é celebrado o Dia Mundial de Combate à Raiva.

Essa atividade, conforme o comunicado, contemplará vacinação antirrábica gratuita dos cães e gatos, avaliação clínica de animais suspeitos de esporotricose e realização de ações educativas para a guarda responsável de animais e prevenção de zoonoses.

Na Bahia, segundo a Sesab, o último caso de raiva ocorreu em 2017, quando um homem morreu após ser mordido por um morcego, na cidade de Paramirim. Já em salvador, o último caso de raiva humana ocorreu em 2004 e foi transmitida por cachorro.

Por Eduardo Oliveira, Ana Paula Santos e Karine Simões, TV Bahia

. . .

Leia também:

Cabrália registra 17 casos ativos, Bahia registra 5.248 casos ativos de Covid-19 e mais 9 óbitos

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.991 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,13%) e 1.051 recuperados (+0,07%)....

PRF lança Operação Corpus Christi 2022 na Bahia

Corpus Christi é um dos feriados cristãos mais comemorados no Brasil. Neste ano de 2022 a comemoração ocorrerá no dia 16 de junho,...

Três prisões em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições de uso restrito

Policiais da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Eunápolis prenderam quatro pessoas, apreenderam um...

Com mais de 60 mil atendimentos, Policlínica Regional da Costa do Descobrimento completa primeiro ano de funcionamento

Nesta sexta-feira, 10, o presidente do Consórcio Interfederativo de Saúde e prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, participou...

60% dos baianos vacinados contra a Covid-19 não reforçaram a imunização com as 3ª e 4ª doses

Do total de 11,6 milhões de baianos vacinados com as 1ª e 2ª doses de vacina contra a Covid-19, cerca de 6,1 milhões de pessoas...