Manchetes

Azul terá 600 voos extras para a Bahia até fevereiro de 2020

A Azul – terceira maior companhia aérea do país –  vai oferecer na alta temporada de verão, que começou agora em dezembro e segue até fevereiro, 600 voos extras para a Bahia, totalizando 70 mil assentos adicionais. As novas operações vão contemplar  Salvador, Porto Seguro e Ilhéus,  três dos principais destinos turísticos do país. “Teremos […]


A Azul – terceira maior companhia aérea do país –  vai oferecer na alta temporada de verão, que começou agora em dezembro e segue até fevereiro, 600 voos extras para a Bahia, totalizando 70 mil assentos adicionais. As novas operações vão contemplar  Salvador, Porto Seguro e Ilhéus,  três dos principais destinos turísticos do país. “Teremos na Bahia o maior volume de aeronaves adicionais da Azul”, disse Marcelo Bento Ribeiro, diretor de relações institucionais da companhia.

Com 84 ligações sazonais, Salvador terá voos inéditos para Vitória (ES) e operações extras para  destinos locais, como Porto Seguro, Lençóis e Ilhéus. Serão contemplados ainda Maceió, Belo Horizonte e Campinas. Porto Seguro, por sua vez,  terá  voos extras oriundos de cidades do interior de São Paulo, como Bauru, Campinas, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto. O município do extremo sul  também receberá mais aeronaves da empresa  nas rotas para São Paulo, Belo Horizonte, Uberlândia (MG), Montes Claros (MG), Rio de Janeiro e Vitória. 

A Azul vai fechar o ano com 13.449 partidas no estado, com a oferta de 1.643.849 assentos, o que representa uma alta de 26% em relação a 2018. A  previsão é de que, em 2020, o número de assentos aumente 60%, chegando a 2.099.387. Para Salvador, a oferta vai quase dobrar no ano que vem em relação a 2018: saltará de 762.604 assentos para 1.408.657.

ICMS

Segundo  Marcelo Ribeiro,  o aumento da oferta de assentos para a capital baiana se deve à redução das alíquotas de ICMS  sobre o querosene de aviação, o aumento do número de voos e a utilização de aeronaves de maior porte. “A Azul tem buscado alocar os aviões maiores justamente para o mercado do Nordeste”, diz o executivo, que defendeu ainda o projeto  do governo do estado que pretende construir um novo aeroporto em Porto Seguro.

“É uma demanda que a gente defende há mais de 3 anos. O Aeroporto de Porto Seguro morreu, só falta pregar o prego do caixão. O aeroporto não tem espaço mais para uma mosca voar nele. E não estou falando em conforto de passageiros e sim de capacidade de pista”, disse.

O anúncio dos voos extras da Azul foi feito ontem pela manhã no auditório do Aeroporto de Salvador. O diretor-presidente do Salvador Bahia Airport, Julio Ribas, destacou o bom momento vivido pelo equipamento de Salvador. Segundo ele, apesar da crise da Avianca, que tinha forte presença no estado, a oferta total de assentos para o aeroporto terá um aumento de 7,6% neste verão na comparação com o volume registrado no ano passado. O pico de oferta será em janeiro, com cerca de 950 mil assentos disponíveis.   

. . .

Leia também:

Idosa de 75 anos morre após cair em fossa séptica em Itapebi

Uma idosa de 75 anos morreu após cair em fossa séptica instalada no quintal da casa onde ela morava no município de Itapebi, no extremo...

CNH pode custar até R$ 3 mil: veja como tirar a habilitação de graça

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH), também conhecida como carteira de motorista, costuma ficar ainda mais cara com o passar do...

IBGE começa nesta segunda o Censo 2022

Com o objetivo de levantar dados amplos e confiáveis sobre diversos aspectos da vida dos brasileiros, o Instituto Brasileiro de Geografia...

Bahia registra 1.791 mil casos de Covid-19 e mais 18 mortes em 24h

A Bahia registrou mais 1.791 mil casos de Covid-19 em nas últimas 24 horas de acordo com boletim epidemiológico publicado pela Secretaria...

MPF realiza série de reuniões em comunidades indígenas no Sul da Bahia

Para debater sobre os direitos dos povos tradicionais e a atual insegurança vivida por eles, depois de constantes episódios de violência...